quarta-feira, 9 de maio de 2007

INCLUSÃO SOCIAL ATRAVÉS DE UMA REVISTA

Revista Ocas"

Luciana Motta

A revista Ocas” é publicada pela Organização Civil de Ação Social (OCAS), cujo objetivo é a reinserção social de pessoas em situação de rua, maiores de 18 anos, através da venda do periódico. Revista com temas culturais, políticos e sociais, com vendagem efetuada exclusivamente nas ruas, em pontos de encontro culturais de São Paulo e do Rio de Janeiro. O resultado decorrente da venda da revista – ficam com 2/3 do preço da capa – permite que os vendedores estabeleçam novos contatos, ampliem seu círculo de relacionamento e dêem passos rumo à autonomia financeira e saída da situação de rua.

O termo "situação de rua" se refere à condição de instabilidade de homens e mulheres que não tem moradia fixa e se utilizam de logradouros públicos ou albergues e similares para dormir. Inspirada em publicações semelhantes da Inglaterra e dos Estados Unidos, com o a “The Big Issue”, de Londres, a Ocas” não é apenas fonte de receita imediata aos sem-teto, mas também um canal de comunicação e de aproximação deles com a sociedade. A linha editorial da publicação é voltada ao debate da exclusão e da desigualdade social e também abre espaço para a manifestação dos próprios vendedores. A revista integra uma rede mundial de periódicos de rua, a INSP (sigla, em inglês, para a Rede Internacional de Publicações de Rua).

A Organização Civil de Ação Social – OCAS nasceu do encontro de pessoas e grupos que articularam, desde 1998, para viabilizar a implantação de um projeto de geração de renda e abertura de um canal de expressão para a população em situação de rua. A Organização é uma entidade sem fins lucrativos. Em fevereiro de 2000, a Rede Internacional de Publicações de Rua colocou em contato pessoas de São Paulo e do Rio de Janeiro, que passaram a desenvolver o projeto em parceria. Em 21 de abril de 2001, realizou-se a primeira assembléia geral na qual foi fundada a Organização Civil de Ação Social – OCAS. A revista Ocas” foi lançada em julho de 2002.

A Ocas mantém atualmente cerca de 120 moradores de rua inscritos, sendo 45 deles fixos. Os voluntários do projeto vão às ruas e albergues, explicam a proposta para os moradores de rua e os convidam para uma reunião. Aqueles que aceitam o trabalho são cadastrados, recebem colete com o logotipo da Ocas e um crachá. Todo o trabalho de elaboração da publicação é feita por voluntários.

Além da edição e publicação da revista, outras atividades de suporte são desenvolvidas, tais como oficina de criação, onde voluntários e participantes do projeto discutem a pauta para o periódico; eventos esportivos, onde se destaca a participação da Homeless World Cup (Copa do Mundo de Futebol de Rua) em 2004, 2005 e 2006; psicodrama que são realizados por encontros semanais e orientados por um profissional de psicologia.

Quem quiser conhecer mais sobre as atividades e objetivos das entidades basta acessar: www.ocas.org.br, www.rederua.org.br e www.homelessworldcup.org.

Pontos de venda da revista:

Em São Paulo
Centro Cultural São Paulo, Espaço Unibanco (Rua Augusta), no bairro de Vila Madalena, nas lojas da FNAC em Pinheiros e na Avenida Paulista, Itaú Cultural, Trianon-Masp, BB Cultural, Pinacoteca do Estado, Pátio do Colégio, SESC Consolação, SESC Pompéia e SESC Belenzinho.

No Rio de Janeiro
Largo do Machado, Cinema Estação Botafogo, Cinema Estação Paissandu, Universidade Estadual do Rio de Janeiro, PUC – Rio, Casa de Cultura Laura Alvim e Centro Cultural Banco do Brasil.

Um comentário:

Rebeca disse...

Lu! Eu fiz o blog pra gente ter nosso trabalho separadinho. Mas ficou legal, né?! Valeu pela visita...

Beijos, Rebeca.